sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Série: Escritoras potiguares e suas saudades... Ô saudade! E nessa saudade passou por aqui a poeta Eliane Dantas de São José do Seridó.


 Atitude, segurança, decisão e liberdade...

Atitude, decisão e segurança.

SAUDADES
Eliene Dantas


Saudades são duas
Da rua
Da lua
Da rua com lama, com risos, com fitas
Da lua crescente, enchente, tão lua
A lua
A rua
A lua bonita que enfeita a rua
A rua feliz porque tem a lua.

Um comentário:

Eliene Dantas disse...

Fico emocionada com o carinho. Muito obrigada Flau!

obs: a pliguiçinha está ótima, reagindo com coragem.

beijos