domingo, 31 de agosto de 2014

Deus proverá - Flauzineide Moura, poetisa potiguar


Na Janela da Tela - Vilmaci Viana, poetisa potiguar



 
Na janela de tela
Vivi

Ela espera.
A mãe,
O pai,
O tempo passar
Ela espera
Tão bela!
Tão singela!
A Julita espera.

Desenvolve um trabalho de difusão cultural através do blog: 

Quem sou eu? Dorinha Timoteo, poetisa potiguar



Quem sou eu?!

Quem sou eu
Estou na contra-mão
Um ser que grita não!
Fui feirante, sou artista,
Professora
Sou semi, sou preciosa,
Sou anarquista
sou poesia
Sou tudo, sou nada,
Sou calma, conciliadora
Sou poeta nessa estrada.
Sou alegria, sou mansidão.
Sou cantata, cantilena,
Sou santa, sou Madalena
Sou sonho, sou amplidão,
Sou átomo, sou realização.
Sou águia, sou carcará,
Sou andorinha, sou sabiá.
Sou timo, sou Timóteo,
Não despreze o meu colóquio.
Sou isto, sou aquilo,
Quem sou eu?
Sei lá,
Talvez você possa me desvendar... !

Dorinha Timóteo

sábado, 30 de agosto de 2014

A estrela de hoje é Carol Vasconcelos que está lançado "A Filha de Gaia" sua nova obra, na Livraria Nobel, hoje a noite é curta para satifazer minha curiosidade,vou ler sim, depois eu conto...

Carol Vasconcelos


 Desejo muito sucesso à Carol, deixando para os leitores que quiserem adquirir a obra, o recadinho: a mesma encontra-se a venda na Livraria Nobel da "Salgado Filho"

Poesia - Eliene Dantas, poetisa potiguar



 
Nascida em São José do Seridó, RN, concluiu o curso de Geografia Licenciatura Plena no ano de 1999. Tem uma breve experiência como professora substituta e atualmente trabalha como design. Escreveu seu primeiro texto quando estava na quarta série do ensino primário. Os romances vieram mais tarde, já no ensino médio, quando começou a escrever para que sua imaginação tomasse uma forma mais palpável. Escreve também textos de músicas e fez parte da ACCAS( Associação de Cantores, Compositores e Artistas Semelhantes de São José do Seridó) onde fez parte da gravação de um Cd independente que contém seis composições de sua autoria. Integrou, durante cerca de dois anos, a grade de comunicadores da FM comunitária de sua Cidade, a Bonita FM e faz algumas apresentações musicais em eventos locais. A poesia vem em momentos fugidios, tímidos, não é algo que está sempre presente nem tem forma definida. algumas poesias mais novas:

POESIA

Se é triste, não é vazia
É Poesia
Se alegre
Desconfia
É Poesia
Quando canta
Melodia
É Poesia
Um enlace Sinastria
Só Poesia.

Eliene Dantas