segunda-feira, 28 de junho de 2010

Entrevista concedida por Jania Souza(membro-fundadora da SPVA) para a aluna da UFRN Jakeline Wanderley da Silva

1.Qual é a estrutura atual da Sociedade?
O Estatuto da Entidade define:
Assembléia Geral (corpo maior da entidade) e Diretoria Administrativa (órgão gestor)
Diretoria Administrativa Atual (biênio 2009/10)

Presidente Administrativo:
Poeta e Professora Geralda Efigênia Macedo
Vice Presidente:
Poeta e Filósofo M. C. Garcia
Primeiro Secretário:
Poeta e Professora Auzerina Freitas
Segundo Secretário:
Poeta e Escritor Mery Medeiros

Primeiro Tesouro:
Poeta Josenildo Brasil
Segundo Tesoureiro:
Poeta Sebastião (Tião)
.
Diretoria de Eventos:
Poeta e Professora Flauzineide Moura
Poeta Emmanoel Iohanan
.
Conselho Fiscal:
Poeta Jania Maria Souza da Silva
Poeta Agslene Martins
Poeta Pedro Grilo Neto

FORMAS DE ATUAÇÃO:
Há duas sistemáticas de atuação da entidade para atingir seus objetivos (realização de seus projetos de divulgação, de incentivo à leitura, de formação de novas platéias e descoberta de novos talentos):
A Diretoria recebe os convites para apresentações ou para parcerias através de ofício, agenda com anuência dos sócios e envia os artistas.
A Diretoria organiza eventos, contata com as entidades que serão beneficiadas e junto com os sócios executa as atividades.

2.Há formalização dessa estrutura?
A Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do Rio Grande do Norte (SPVA/RN) é pessoa jurídica civil cultural sem fins lucrativos com Registro da Ata de Fundação e do seu Estatuto Social no Cartório de Pessoas Jurídicas da Comarca de Natal e na Receita Federal. Suas atividades são voltadas para a preservação da cultura e da identidade potiguar através da arte literária e das afins; bem como, para o desenvolvimento de ações direcionadas ao incentivo à leitura. Também executa ações de incentivo à revelação de novos talentos. Mobilização de ações para formação de novas platéias de apreciadores da leitura e da declamação, e, contribui, assim, para a formação de um pensamento crítico cidadão. Além disso, procura atingir com sua atuação todas as classes sociais e culturais da comunidade natalense, divulgando e difundindo os talentos artísticos da entidade. Envolve-se ativamente nas questões de cidadania, denunciando questões que comprometem o bem estar, a harmonia e a tranquilidade social, engajando-se em atividades de reividicação de políticas públicas para os seguimentos culturais, educacionais, sociais (saúde, moradia, emprego, preservação ambiental, violência, segurança, direitos e humanos, situações de riscos e outros estrangulamentos sociais e humanos de sobrevivência).
Em função dessas atividades foi reconhecida de utilidade pública nas esferas: municipal e estadual.

3.Qual é a relação do movimento com outros atores sociais(governo/sociedade/demais movimentos/etc)?
Mantém uma relação muito forte com os governos quando atua junto a outras entidades congêneres reivindicando políticas públicas voltadas para o fortalecimento do mercado editorial potiguar, além de outras questões do interesse do artista e também de interesse para a população. Com a sociedade mantém relação de responsabilidade social voltada para a formação do pensamento crítico cidadão, através de incentivo à leitura, formação de novas platéias e descobertas de novos talentos, em virtude da SOCIEDADE ser O PÚBLICO ALVO das AÇÕES DESENVOLVIDAS PELA SPVA/RN. Com os demais movimentos sociais atua como parceira, apoiando reivindicações consideradas justas do ponto de vista social e humano, levando arte aos movimentos e as suas ações desenvolvidas com finalidade ambiental, social, humanitária, educacional, filantrópica centradas no respeito aos direitos humanos e na construção de uma cultura de paz em uma sociedade turbulenta e intolerante, refém de valores distorcidos, que podem ser transformados através da construção de um pensamento crítico cidadão voltado para a preservação humana e fortalecimento da sociedade, através da literatura, arte que leva o homem a refletir sobre seus atos e ações individuais e coletivos.

4.Há incentivo por parte desses atores?
Em termos de recursos financeiros, não há apoio desses atores sociais atualmente. Contudo, há o reconhecimento da sua importância como entidade cultural ativa e dinâmica no contexto sócio cultural da cidade, dando visibilidade a produção literária de seus associados, dinamizando com suas ações o mercado literário local ao lado de outros grupos. Esse reconhecimento é fundamental para o crescimento da entidade com seus objetivos, que se sustenta com dificuldades, mas tem a compreensão da sua importância como entidade cultural comprometida com a construção de uma nova filosofia para estruturar novos olhares sobre a literatura contemporânea potiguar. Como em todos os movimentos, há mais dificuldades do que incentivos, cabe aos objetivos definir as prioridades da entidade. Define-se em que se acredita e se vale combater por esses ideais.

5.O objetivo do projeto está sendo alcançado?
Sim, quando fortalece os sócios iniciantes, incentivando-os para o crescimento artístico, através do aprimoramento de suas técnicas para valorização da sua arte nata. E, também, quando divulga esse artista em um contexto de mercado mais amplo, ampliando seu alcance em termos de público alvo.

6.Quais os maiores obstáculos?
Os maiores obstáculos são:Falta de um espaço próprio para abrigar acervo, artistas e suas apresentações. Um espaço próprio para abrigar biblioteca, memorial do poeta potiguar, auditório para oficinas e apresentações, palestras, lançamentos e demais eventos, sala de reuniões. Falta de recursos para divulgação e publicações como, coletâneas, livros solos, jornais informativos culturais, propagandas, cachê para apresentação de artistas e para locomoções para eventos em escolas, bibliotecas, universidades, faculdades, livrarias, penitenciárias, hospitais, centros comunitários, para participação em feiras, congressos e outras atividades voltadas para a divulgação e difusão da literatura produzida pelos sócios.

7.Qual a mensagem que a sociedade gostaria de colocar ao público Universitário?Persistência, jamais desistir de seus ideais por mais difícil que seja a realização de seus sonhos. Acreditar na boa luta – preservação do ser humano no planeta terra com dignidade, paz e tolerância – para atingirmos nossos sonhos, há necessidade de conhecer o passado, vivenciar o presente, preparando-se para o futuro – esse ciclo está completo nas páginas do livro, portanto, valorize o maior bem da humanidade, seu verdadeiro tesouro: O LIVRO.O livro contém PALAVRAS, e o maior de todos os presentes está dentro do livro, a PALAVRA. A PALAVRA É A VARINHA MÁGICA DO BRUXO/MAGO/SÁBIO/HOMEM, SAIBA USÁ-LA COM MAESTRIA PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE HARMONIOSA ONDE A LUZ IMPERE EM TODOS OS CORAÇÕES. E se você puder enriquecer meu trabalho com outras questões ficarei muito grata. Refletir sobre a importância da palavra na vida de cada indivíduo e na existência da civilização humana. O que fomos, o que somos e o que seremos por causa da palavra.

Jania Souza
SPVA/RN - 13 ANOS DE REALIZAÇÕES

Salmo 23 versos 1 a 6 - Bíblia Sagrada

O Senhor é o meu pastor; nada me faltará.

Deitar-me faz em pastos verdejantes; guia-me mansamente a águas tranqüilas.

Refrigera a minha alma; guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome.

Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.

Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos; unges com óleo a minha cabeça, o meu cálice transborda.

Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida, e habitarei na casa do Senhor por longos dias.


http://www.salmosdabiblia.com.br/salmo-23.php

domingo, 27 de junho de 2010

Flauzineide Moura poeta potiguar de Areia Branca RN


Flauzineide recebe homenagem na Praça da Cultura no Canto do Mangue em 2009 e presta homenagem a sua terra natal escolhendo este poema para fazer parte do acervo da praça
.
És Meu Cantar

Por mais que busque
Viver o presente
São fortes as lembranças
Do meu lugar.
Meu passado,
Minha praia,
Minha infância,
Minha gente,
Minha mente vibra feliz a recordar.
São fortes as lembranças
Do meu mar,
De minha terra querida,
Do sal do meu lugar,
Do sol da minha praia,
Das noites de luar.
Por mais que busque
O presente,
É na lembrança
Que acalento
A saudade
De minha terra querida,
Areia Branca, tu és meu cantar!

Flauzineide de Moura Machado é poeta potiguar

Poética Minha
Flauzineide de Moura Machado

No que chamo de meus versos,
Falo às aves de amor;
Tentando fazer poesia,
Falo também da flor.

No que chamo de meus versos,
Falo das ondas do mar:
Tentando fazer poesia,
Faço rimas ao luar.

No que chamo de meus versos,
Escrevo tristeza, alegria:
Tentando fazer poesia,
Faço escritos todo dia.

No que chamo de meus versos,
Falo muito em vitória:
Tentando fazer poesia,
Repasso minha história.

No que chamo de meus versos,
Tenho muito a contar:
Tentando fazer poesia,
Fantasio o meu pensar.

No que chamo de meus versos,
Transpiro emoção:
Tentando fazer poesia,
Rimo com solidão.

No que chamo de meus versos,
Sinto muita saudade:
Tentando fazer poesia,
Abomino a maldade.

No que chamo de meus versos,
Clamo por nosso Deus:
Tentando fazer poesia,
Entrego-lhe os anseios meus.

No que chamo de meus versos,
Vou agora encerrar:
Tentando fazer poesia,
Meu sonho vou embalar...



sábado, 26 de junho de 2010

Salmo 17- versos 1 ao 15

[Oração de Davi]

Ouve, SENHOR, a justiça; atende ao meu clamor; dá ouvidos à minha oração, que não é feita com lábios enganosos.
2
Saia a minha sentença de diante do teu rosto; atendam os teus olhos à razão.
3
Provaste o meu coração; visitaste-me de noite; examinaste-me, e nada achaste; propus que a minha boca não transgredirá.
4
Quanto ao trato dos homens, pela palavra dos teus lábios me guardei das veredas do destruidor.
5
Dirige os meus passos nos teus caminhos, para que as minhas pegadas não vacilem.
6
Eu te invoquei, ó Deus, pois me queres ouvir; inclina para mim os teus ouvidos, e escuta as minhas palavras.
7
Faze maravilhosas as tuas beneficências, ó tu que livras aqueles que em ti confiam dos que se levantam contra a tua destra.
8
Guarda-me como à menina do olho; esconde-me debaixo da sombra das tuas asas,
9
Dos ímpios que me oprimem, dos meus inimigos mortais que me andam cercando.
10
Na sua gordura se encerram, com a boca falam soberbamente.
11
Têm-nos cercado agora nossos passos; e baixaram os seus olhos para a terra;
12
Parecem-se com o leão que deseja arrebatar a sua presa, e com o leãozinho que se põe em esconderijos.
13
Levanta-te, SENHOR, detém-no, derriba-o, livra a minha alma do ímpio, com a tua espada;
14
Dos homens com a tua mão, SENHOR, dos homens do mundo, cuja porção está nesta vida, e cujo ventre enches do teu tesouro oculto. Estão fartos de filhos e dão os seus sobejos às suas crianças.
15
Quanto a mim, contemplarei a tua face na justiça; eu me satisfarei da tua semelhança quando acordar.


http://www.bibliaonline.com.br/acf/sl/17

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Preparativos para o aniversário de nossa amada poeta Lúcia Helena Pereira


CONVITE
ESTAREI FESTEJANDO OS MEUS SESSENTA E CINCO ANOS
DIA 14 DE JULHO, A PARTIR DAS 17 HORAS.
SERÁ UM ANIVERSÁRIO DE ADESÃO,
JUNTANDO FAMILIARES E PESSOAS DO MEU AFETO.
DATA: 14 DE JULHO DE 2010
LOCAL: NICK BUFFET DA HERMES DA FONSECA
PRESENTE: ROUPAS E OUTRAS PEÇAS USADAS
PARA A COMUNIDADE DE MASSANGANA / RN
ENTRETENIMENTOS: CELEIRO DA MÚSICA TOCANDO
E CANTANDO COM PEDRO WILLIAM, JOÃO CEARÁ,
VERINHA, IVANA BEZERRA, IVANIZINHA,
ISA BRANDÃO, MARLENE SANTANA.
O AMOR FESTEJA A NOSSA JUVENTUDE D´ALMA!
AGUARDO SUA PRESENÇA.
LÚCIA HELENA
viste estes blogs

terça-feira, 15 de junho de 2010

Minha homenagem de hoje é para Rita Rodrigues Palhares. Autora do Hino do município de Angicos/RN: Mulher sábia, guerreira do bem, bênção de Deus...

Hino do município de Angicos

Letra: Rita Rodrigues Palhares
Melodia:William Koppen de Oliveira

Salve angicos cidade pioneira
Cujos nomes de heróis se proclamou
O teu solo regado com sangue
Dos teus filhos que aqui os procriou

Angicanos predestinados
Coração e alma varonil
Conquistaste a glória
Cantarás vitória
Sempre de pé pelo Brasil

Angicanos soldados centro norte
Artilheiro cidade cidadãos
Para nós o teu nome
É uma bandeira
A bandeira da nossa redação
Deus bem quis que marcada tu ficaste
Grandes nomes ilustres no Brasil
Caminhai e cantai com alegria
Aos teus que aqui te consagrou
Juventude forte e varonil
Angicanos predestinados
Coração e alma varonil

Conquistaste a glória
Cantarás a vitória
Sempre de pé peço Brasil

Agricultores, operários e doutores
Batalharam com coragem e amor
Nós que queremos neste dia exaltar
Todos eles que lutaram com fervor

Angicanos predestinados
Coração e alma varonil
Conquistaste a glória
Cantarás a vitória
Sempre de pé pelo o Brasil.


Mulher simples, amiga, sábia e guerreira do bem.

Parabéns Rita!

domingo, 13 de junho de 2010

A Sociedade dos Poetas Vivos e Afins "além mar" Cecinha Câmara carinhosamente envia esta mensagem

Mérito da imagem: Rodolfo Taquelim (meu marido).
Ceicinha Câmara, nas ruínas do Forte da Figueira,
no Concelho de Vila do Bispo
Região Algarve - Sul de PORTUGAL

sábado, 12 de junho de 2010

Lá de Portugal em Vila do Bispo, Ceicinha Câmara se emociona e participa do aniversário da SPVA assim:

Com meu coração pungente, por não poder participar deste aniversário da SPVA, juntamente com os(as) demais confreiros(as), aqui faço está pequena homenagem neste acróstico singelo.

Sonho de todo poeta
Pastores da cultura potiguar
Vivos mesmo quando encantados
Aqui ficamos na história.


Recebendo de Deus as bençãos
Neste ambiente agradável de irmãos.


Meu especial abraço em cada um dos membros da SPVA, desejando a todos muita sabedoria Divina para que possamos engrandecer cada vez a nossa cultura.
Ceicinha Câmara(Uma potiguar-cearamirinense-luso-brasileira, que ver seus dias passarem em terras de Fernando Pessoa e gosta de contá-los).
12 de junho de 2010 16:33
visite:
http://nlusofonia.blogspot.com/

Nós aqui agradecemos e desejamos felicidades a você conterrânea, mas venha passar uns dias conosco poetizando, te amamos, e ficamos torcendo por você "além mar". (como você diz)

SPVA recebe congratulações da escritora Ana Luiza


Parabéns por este movimento pró poético e democrático, abrindo espaços para todas as tendências . Longa vida para a Sociedade e seus confreiros, impossibilitada de ir deixo um abraço.

Ana Luiza
visite:

Um convite de nosso amigo Acaci para você

Amigos,

Neste dia 14 de junho às 20 horas tem mais uma edição do projeto SEGUNDA SEGUNDA. O evento deste mês é especialmente apresentado pelo poeta cordelista José Acaci e será totalmente direcionado voltado à cultura popular. O Coro Da Capo, com a regência do Maestro Paulo Ritzel, apresentará canções de Luiz Gonzaga, Dominguinhos e Vital Farias, e terá participação especial de Ismael Alves e Almir Padilha, além dos solos de violão de Carlinhos e Jailton.
Evento: Segunda Segunda
Quando: 12 de Junho – Segunda (lógico)
Que Horas: 20 horas
Onde: Auditório da Escola Municipal Augusto Severo
Margem da BR-101 - Centro, Parnamirim/RN
ENTRADA FRANCA-ENTRADA FRANCA - ENTRADA FRANCA-ENTRADA FRANCA -ENTRADA FRANCA -ENTRADA FRANCA - ENTRADA FRANCA

Hoje a Praça da Cultura nas Rocas vai cintilar com tantas estrelas entre elas, Ester Morais, poeta homenageada deste dia 12 de junho.



O banner da poeta que será exposto na praça
Parabéns Ester!
Você merece esta justíssima homenagem, por sua simplicidade, bondade e essência dos seus versos e do seu ser...
"Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens,
para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai,
que está nos céus."
MT- 5:16
-------
A partir das 19 horas na Praça da Cultura no Canto do Mangue -Bairro das Rocas/Natal/RN, haverá um encontro de poesia, música arte e muita gente bonita, lá todos darão seus recados, dons recebidos de Deus.
---
Organização: Jaécio e equipe

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Neste sábado dia 12 de junho estaremos cantando PARABÉNS para SPVA e para todos os seus devotados membros.


SPVA-Sociedade dos Poetas Vivos e Afins, 13 anos fazendo história no Rio Grande do Norte...
Parabéns e nosso obrigada para SPVA e membros vocês merecem demais, por tudo isto amanhã teremos uma tarde festiva e repleta de poesias lá na E. E. Winstom Churchill a partir das 17h e nós contamos com a presença dos membros e amigos da SPVA.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Recebi da Rede Social Cristã: Vamos refletir?

Só por hoje ...
.
"Só por hoje ...
Hoje não dá pra dizer
O que dizemos nas brigas,
Nem dar atenção a intrigas
Que venham nos abater.
.
Hoje não dá pra falar
Dos defeitos que enxergamos,
Dos outros que nós amamos,
Nem podemos comparar.
.
Hoje provamos da paz,
Deixamos danos largados.
Ressentimento fugaz
Mandamos para outros lados
Vamos juntos louvar o nosso Cristo!
.
(deconhecido)"

Parabéns e bênçãos para a poeta potiguar Ester Morais que será homenageada sábado dia 12 de junho a partir das 19h na Praça da Cultura nas Rocas.

Ester Morais
Poeta potiguar autora do livro "Meu José virou Poesia"
Será homenageada merecidamente neste sábado na Praça do Canto do Mangue nas Rocas
.

CÂNTICO À NATAL
Ester Morais

NATAL!
QUE LINDO NOME TEMA CIDADE QUE AMO
A TERRA QUE EU QUERO BEM
CIDADE!QUE NO FINAL DA TARDE O
TEM O MAIS LINDO POR DO SOL

QUE DO MARNASCE UM FORTE
E DO MORRO
UM ELEGANTE FAROL

QUERO!
NESSAS RUAS CAMINHAR
NESSAS ONDASMERGULHAR
E NA AREIA FINA
DEITAR
E ROLAR...

NATAL!
É LINDA
POR NATUREZA
TEM ENCANTO
TEM BELEZA
TEM UM CHEIRO
BEM CHEIROSO
DE BRISA DO MAR,
GOSTOSO

NATAL!
POR SI É UM CANTO
DE UM MAR AZUL
FEITO UM MANTO
QUE NOS FAZ PARAR
E PENSAR...
--------
Convite dos Organizadores
.
Será neste sábado, 12 de junho, dia dos namorados, a partir das 19h,
na Praça Por-do-sol, nas Rocas, a homenagem a poeta Ester Morais.
Veja o baner que será exposto na parte externa do box de Pernambuco.

Será uma noite magistral.

Não deixe de ir.
Jaécio e demais organizadores do evento

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Primeira epístola Univesal de Pedro-cap 1 v. 3 a 6

A esperança e a salvação

3 - Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que,segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos.

4 – Para uma herança incorruptível, incontaminável, e que não se pode murchar, guardada no céu para vós.

5 – Que mediante a fé estais guardado na virtude de Deus para a salvação, já prestes a se revelar no último tempo,

6 – em que vós grandemente vos alegrais, ainda que agora importa, sendo necessário que estejais por um pouco contristados com várias tentações,

7 – Para que a prova da vossa fé muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo se ache em louvor, e honra, e glória, na revelação de Jesus Cristo;

Um convite para vocês...


Muitíssimo obrigada poeta Lúcia Helena, baluarte na divulgação da literatura e cultura, pela emocionante homenagem, estou feliz...


ELA NADA PEDE, NÃO INCOMODA NINGUÉM, E FAZ A SUA PEREGRINAÇÃO MÁGICA, VISITA OS MUNICÍPIOS VIZINHOS E POR LÁ VAI DESCOBRINDO
VALORES E TRAZENDO-OS PARA A LUZ. NEIDINHA MOURA, NOSSA
MADRE TEREZA DAS LETRAS POTIGUARES, QUE NÃO SE PRECIPITA AO ENCONTRAR POETAS NÓVEIS, ESCRITORES DESCOBRINDO SEUS TALENTOS,
ELA NÃO SE ADMIRA E NEM SE FRAGILIZA, ANTES, CUIDA DE AJUDAR,
ENSINAR, ABRIR PORTAS, ILUMINAR TRAJETOS.
E DIANTE DE HOMENS CULTOS ELA SE MANTÉM DA MESMA FORMA: INABALÁVEL, SATISFEITA, CLARO, MAS SEM MAIORES ALARDES,
AFINAL, NEIDINHA MOURA ESTÁ SEMPRE GUIANDO, APONTANDO
CAMINHOS E, EM MEIO A TUDO ISSO, ELA SEGUE SUA TRAJETÓRIA
FAMILIAR COM SEU MARIDO, FILHOS E NETOS. ELA SEGUE SUA
TRILHA EM CRISTO - POIS É UMA BOA E FERVOROSA CRISTÃ!
MEU CORAÇÃO EM SUAS MÃOS, NEIDINHA MOURA, PELOS EXEMPLOS
QUE VAI ACUMULANDO E LHE FAZENDO, CADA VEZ MAIS, DIGNA
DO NOSSO RESPEITO, NOSSA AMIZADE E NOSSO AMOR.
NÓS TE AMAMOS MUITO!

Postado por LÚCIA HELENA
Mais detalhes em :

Recebi da Presidente da Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores - AVSPE, Poeta e Escritora Efigênia Coutinho-AVSPE

Teus beijos... Calam minha Boca
Efigênia Coutinho


Sou Luz pelo seu caminho sua guia,
Dos teus desejos a embalar risonho,
Minha timidez que esconde a ousadia,
Da fada mulher que enfeita teu sonho.


Sou toda aguarela a verter colorida,
Os teus beijos o matiz das cores.
Chego à ti, sensual e divinizada,
A sorver sensual beijos de sabores.



Mas já se faz tarde e eu preciso ir.
Levarei nos lábios o aroma de teu beijo
Adoçando os meus, feitos de carmim...


Guardarei na alma este doce festejo,
De tantas outra vez tê-lo junto à mim
A beijar-me demorado, cheio de desejo.


Junho 2010
Balneário Camboriú


Efigénia Coutinho
Presidente Fundadora

Recebi da amiga e poeta Lúcia Helena Pereira


ESPETÁCULO "VOLTA AO PONTO", DO GRUPO TEATRAL
JANELA, COM O NÙCLEO DE JOVENS ARTISTAS DO RN MOSTRANDO
UMA NOVA ARTE.

DATA: 10 E 11 DE JUNHO DE 2010
ÀS 20 HORAS
LOCAL: CASA DA RIBEIRA

Com emoção peço licença à Presidente e aos confreiros para dedicar esta Ciranda à Clevane Pessoa-BH e a Ceicinha Câmara-Portugal. E todos aclamaram.

Flauzineide ao pedir licença para dedicar a Ciranda Poética deste sábado o5/06/10, às poetas Clevane Pessoa em Belo Horizonte e a Ceicinha Câmara em Vila do Bispo Portugal.
.
Para vocês poetas maravilhosas, mensageiras de bons sentimentos, de boas palavras.
Flauzineide
.
Clevane Pessoa - Poeta potiguar, em Belo Horizonte/MG.
(desconheço o crédito da foto)
.
Ceicinha Câmara - Poeta potiguar, em Vila do Bispo - Portugal.
(desconheço o crédito da foto)
.
A tradicional foto, esta registra o momento poético do dia 05/06/10
(alguns partícipes já haviam se ausentado para cumprirem outros compromissos)






Créditos das fotos da Ciranda: Flauzineide Moura
-
Relato de Jania Souza sobre o momento da Ciranda Poética.
-
A Ciranda Poética de sábado, 05/06/10, coincidiu com as comemorações de conscientização da preservação do meio ambiente, logo, muitas falas voltaram-se para esse tema de vital importância para a humanidade.
Poetas declamaram, leram, encenaram, cantaram, contaram causos e leram mensagens de suas autorias ou de outras mentes pensantes.
As vozes presentes uniram-se em festejo a palavra como ocorre sempre nesses momentos na Ciranda Poética, evento realizado todos os sábados das 17 às 19h, desde abril de 1999, pela Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do RN - SPVA/RN. Atualmente o evento cultural tem por palco as dependências de sala de aula ao lado da Biblioteca Professor Oneles na Escola Estadual Winston Churchill no Centro da cidade de Natal, na Avenida Rio Branco, estado do Rio Grande do Norte, Brasil.
A coordenação foi realizada pela Diretora de Eventos, poeta Flauzineide Moura, sendo aberta pela Presidente Geralda Efigênia.
Poetas, escritores, cantores participantes e obras apresetadas
XICO SERIDÓ - autorais
- Verde, Quero Ver de Novo (música)
- Passeio a Toa (música)
- Convidou o público presente para o lançamento de seu CD, no domingo, 06/06/10, na Associação Norteriograndense do Idoso.
ZENILDO CÉSAR - autorais - divulgou o seu mais novo trabalho, o opúsculo "Aprendiz de Poeta"
- Próximo (poema)
- Fórmula de Evolução (poema)
MÁRCIO ROBERTO - autorais
- A Catedral
- Carpediem
EVALDO LIMA
- Memórias de Carlos Drumond de Andrade (poema)
- Tu Me Sondas (canção gospel)
SALETE BEZERRA - autorais
- Deus Fez os Céus, a Terra, o Mar
- O Planeta Terra é Lindíssimo
ROSA RAMOS REGIS
- Lampião ainda é Vivo no Coração do Nordeste (poema autoral)
Primeiro Lugar no Festival Sertanejo de Poesia de Acauã/PB - 2008
- Via Sacra de Cleiton de Rego Costa (soneto)
- Bailado Cromossômico de Marcos Medeiros
ARLETE SANTOS - autorais
- Por Favor Motorista
- João Câmara
JANIA SOUZA
- Na Contra-mão do Planeta (poema autoral)
publicado no Gente de Talento 2006, da Caixa
- Pergunta de uma Criança que ainda não Nasceu de João Paulo de Souza da Silva, Curitiba/PR
poema publicado na mesma obra citada acima
JESUÍNA WANDERLEY - trova autoral
MÁRIO LÚCIO - autorais
- A Vida Estribucando (poema)
- No Açude do Coração (xote)
GERALDA EFIGÊNIA
- Olhos/Desejos
- SPVA, Doce Lar de Hilda Furacão
FLAUZINEIDE MOURA
- O Câncer não Gosta de Gente Feliz (crônica)
- Minha Missão na Terra (poema)
FÁTIMA CARVALHO (Fátima Bugari) - autoral
- Apenas uma Lágrima (poema)
A Mestre de Cerimônia, poeta Flauzineide Moura com a aprovação dos presentes, dedicou a Ciranda Poética do Dia Internacional do Meio Ambiente às poetas potiguares além fronteiras: Clevane Pessoa (Belo Horizonte/MG) e Ceicinha Câmara (em Lisboa/Portugal).
Ao término, houve a palavra de agradecimento e os informes da Presidente Geralda Efigênia, que convidou o poeta Mário Lúcio para cantar xote autoral, fechando a noite poética com chave de ouro e bela foto de confraternização.

sábado, 5 de junho de 2010

Hoje nossa homenagem é para Eliene Dantas, poeta potiguar de São José do Seridó/RN.

Nascida em São José do Seridó/ RN; concluiu o curso de Geografia Licenciatura Plena no ano de 1999; tem uma breve experiência como professora substituta e atualmente trabalha como design. Escreveu seu primeiro texto quando estava na quarta série do ensino primário. Os romances vieram mais tarde já no ensino médio quando começou a escrever para que sua imaginação tomasse uma forma mais palpável. Escreve também letras de músicas e fez parte da ACCAS( Associação de Cantores, Compositores e Artistas Semelhantes de São José do Seridó) onde participou da gravação de um Cd independente que contém seis composições de sua autoria. Escreve poesias em menor proporção e mantém um blog ( www.elienenews.blogspot.com) diversificado no qual apresenta um pouco da sua arte e tem como visita freqüente o escritor expoente do poema-processo no Brasil, Moacy Cirne, que inclusive já publicou alguns dos seus poemas visuais no blog do poema-processo




Emoção


O grão, o chão, a mão
Toca o violão
A recordação
Da triste canção...
Canção
Qual canção?
Emoção
Solidão
Chora violão.

-

De Clevane Pessoa-B H/MG

"Para Eliene

A mulher pensa que é fera,

porém qual anjo,

reagejulga-se então, uma pantera,

porém qual gatinha , ela age...

Esgrima com a quimera,

mas de pés no chão, interage,

saibam os homens, essa é a era

de uma fêmea que interage..."

Clevane Pessoa

Diulinda Garcia é poeta potiguar de São João do Sabugi/RN


Abstração
Diulinda Garcia

No corre-corre da vida
diluídano
furacão da ganância
exarcebada,
recorro à abstração
onde repouso
para esperar a fantasia
dar bom dia,
revelando-se em versos
ditos brancos,
mas poéticas...
Aliados inseparáveis,
que preservo
e me preservam
desse tédio
abominável.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

O Senhor é meu pastor nada me faltará. Salmo 23.

1 O Senhor é o meu pastor; nada me faltará.
2 Deitar-me faz em pastos verdejantes; guia-me mansamente a águas tranqüilas.
3 Refrigera a minha alma; guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome.
4 Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.
5 Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos; unges com óleo a minha cabeça, o meu cálice transborda.
6 Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida, e habitarei na casa do Senhor por longos dias.

Este poema é da poeta potiguar Lúcia Helena Pereira.


ENQUANTO VOCÊ ADORMECE
Lúcia Helena Pereira

Escrevi este poema em minha alma
Enquanto você dormia
Tal anjo bom e forte, caído, liricamente,
Na linda alcova feita do mato verde e cheiroso.

Cantei nossa canção eterna
E vi um ricto em seu lábio, como quem cantava também
E dizia de amor, em frases sussurradas
Num rítmo torturado de notas musicais amenas.

Beijei sua fronte iluminada por aquele raio de sol
E seus olhos me salvaram da solidão e mágoa que a distância traz
E fiz carinhos em seu peito arfante
E me deitei sobre a sombra do seu corpo amado.

O amor chegava, a qualquer hora, sempre festivo,
Surpreendendo, cativando e me fazendo cativa,
Enquanto de suas mãos, o calor, o meigo toque
E sensações de momentos áureos, me fustigavam o ser.

Oh! Doce amor, meu doce amor,
Quero sempre esse pulsar de corações apaixonados,
Olhar em seu olhar de luz e ver todo o meu ser viver,
Viver em ti, eternamente, enquanto você adormece em mim.

Quero beijar o seu olhar e agradecer
Por me fazer completamente feliz,
Sem maiores ânsias, já que provamos todos os sabores,
Mas, por favor, deixe-me amá-lo enquanto adormece

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Um lindo registro do casamento do Secretário Geral de Poetas del Mundo. Poeta Arias Manzo com a poeta Maggi Sépulveda.

Mensagem da Poeta Clevane Pessoa para o casal

Meus sinceros votos de amor e paz,
para Arias Manzo e esposa , Maggy Gomes Sepúlveda
Que respirem compassados e sossegados o mesmo ar e saibam um do outro os mais antigos e os mais novos segredos.
Que a a confiança abra-se e multiplique-se qual o pólen na flor, a prometer à alma messe de fertilização plena.
Que seus poros exalem os perfumes mais ricos e pessoaise que dos carinhos de suas mãos, mil desenhos indeléveis sejam traçados, mas que apenas ambos os possam ver com olhos de vitrais, mas que as pessoas no entorno percebam todos os vestígios da farta ceia dessas núpcias.
Qua a cumplicidade os torne a um tempo irmãos, amigos e amantes.
Que ouçam a música inaudível a outros ouvidos e que somente a dois a possam escutar.
Que saibam acender as jóias da noite preciosa e a tornem a cada vez mais perfeita.
Que haja "Mil Anos de Amor", a reescreverem regras flexíveis e consitentes para os eu todo dia .
Que se amem febricitantes quais beija flores incansáveis ,
em todos os instantese de mãos dadas, possam alçar todos os vôos, correr todas as corridas, descansar de todos os cansaços, decantar todos os vinhos, a embriagarem-se de prazer.
Que seu amor, possa ser uma história verdadeira , imitada e admirada por todos os viventes curiosos da fórmula secreta que os consagrou.
Que a felicidade trace arabescos e centenas de laços para que permaneçam fiéis e atados por querer, unidos e felizes até à eternidade.
Belo Horizonte, MG Brasil

Eu aqui do meu cantinho desejo toda paz e felicidade do mundo aos noivos!Flauzineide

http://www.poetasdelmundo.com/verInfo_america.asp?ID=4965

Momentos do Sarau Lítero Musical do Conselho Regional de Odontologia neste último dia 02/05.


Muitos participantes no Sarau do CRO, maiores registros no blog da poeta Lúcia Helena que me enviou estas fotos clicadas por ela.
Poeta Lúcia Helena recitando para os prestes no Sarau do CRO.


A poeta Lúcia Helena Pereira no Sarau do CRO, com Dr. Rubens.

A poeta Ester Morais com Dr. Rubens no Sarau do CRO.
Mateus 5 versículos 1 ao 16. Vamos ler e refletir?

Sermão da Montanha,
As bem aventuranças

E JESUS, vendo a multidão, subiu a um monte e assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos;
2 – E, abrindo a sua boca, os ensinava dizendo;
3 – Bem aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;
4 – Bem aventurados os que choram porque eles serão consolados;
5 – Bem aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;
6 - Bem aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;
7 – Bem aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;
8 – Bem aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;
9 – Bem aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;
10 – Bem aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;
11 – Bem aventurados sois vós quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.
12 – Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguirão os profetas que foram antes de vós.
13 - Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens
14 - Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;
15 - Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa.
16 - Assim resplandeça vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso pai que está no céu.

O senhor é meu Pastor, nada me faltará... vamos orar?

SALMO NÚMERO 23
1 O Senhor é o meu pastor; nada me faltará.
2 Deitar-me faz em pastos verdejantes; guia-me mansamente a águas tranqüilas.
3 Refrigera a minha alma; guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome.
4 Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.
5 Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos; unges com óleo a minha cabeça, o meu cálice transborda.
6 Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida, e habitarei na casa do Senhor por longos dias.
http://www.sol.eti.br/salmos/23.htm

Rosa Regis, nossa confreira da SPVA vence concurso literário em Pernambuco.

Parabéns à Poeta, cordelista Rosa Regis, por mais uma vitória bem merecida.

"A FEIRA DE CARUARU É PATRIMÔNIO DO POVO", com esse título a obra da confreira Rosa Ramos Regis foi a vencedora do Segundo Concurso de Cordel da Academia de Literatura de Cordel de Caruaru/PE.
Rosa Regis é natural da Paraíba (Sítio Jerimum-Jacaraú-PB)
Pertence ao Quadro de Sócios da SPVA/RN; UBE/RN; ACADEMIA DE TROVAS DO RN; E OUTRAS ENTIDADES CULTURAIS.
Matéria divulgada no blog da Casa do Cordel no endereço:
www.casadocodel.blogspot.com
Parabéns ao abençoado talento dessa Rosa nascida no sertão e límpida como a mais transparente água pura jorrada do céu sobre o mandacaru, para saciar a sede de cultura e conhecimento da população brasileira, que não consegue a alforia do analfabetismo, fantasma pedrador da libertária sede de cidadania.
Postado por Jania Souza às
18:31

quarta-feira, 2 de junho de 2010

12 de junho é a noite da homenagem da estrela Ester na Praça da Cultura no Canto do Mangue nas Rocas-Natal/RN.


Todos os segundos sábados de cada mês um poeta potiguar recebe uma homenagem na Praça da Cultura e lá é plantado um poema deste poeta e o mesmo fica perpetuado para os que quiserem ler e apreciarem a iteratura do Rio Grande do Norte. Vamos lá prestigiar nossa poeta e a organização do evento.

Lançamento do livro de José Luiz saerá na Livraria Siciliano do Midwey-3º piso.


Convidamos para o lançamento do livro "Sentimentos Inversos" do poeta
José Luiz Sá Bezerra. O livro reune o melhor da poesia desse militaraposentado, que perto dos setenta anos começou a poetar para sair da ociosidade e vejam
no que deu: um livro de 348 páginas recheadas de maravilhosos poemas,
ao preço de apenas 25 reais. Imperdível.
Será na segunda feira 7 de junho, 19h, na livraria Siciliano do Midway.
premiacao.php

Momento de reflexão e oração...


SALMO 1-v 1 a 6.
-
A FELICIDADE DOS JUSTOS
-
Bem-aventurados os que não se deixam levar pelos conselhos dos maus
que não seguem o exemplo dos que não querem saber de Deus
e que não se juntam com os que zombam de tudo o que é sagrado!
Pelo contrário, o prazer deles está na lei do Senhor,
e nessa lei eles meditam dia e noite.
Essas pessoas são como árvores que crescem na beira do riacho;
elas dão frutos no tempo certo, e as suas folhas não murcham.
Assim também tudo o que estas pessoas fazem dá certo.
O mesmo não acontece com os maus;
eles são como a palha que o vento leva.
No dia do Juízo eles serão condenados e ficarão separados
dos que obedecem a Deus.
Pois o Senhor dirige e abençoa a vida daqueles que lhe obedecem,
porém o fim dos maus são a desgraça e a morte.

terça-feira, 1 de junho de 2010

Nossas "Boas Vindas" à poeta potiguar Maria da Conceição Maciel, mais uma escritora para enriquecer o projeto Difusão da Literatura Feminina Potiguar.


SER GRATO
Ceição Maciel.


Ser grato
É ter a capacidade de reconhecer
Tudo o que foi recebido
Retribuindo, agradecendo...
Assim, perceber, o quanto na vida,
É importante servir,
Fazer, por fazer,
Sem interesses, despretensiosamente,
Apenas por prazer
De compartilhar, SER ÚTIL, colaborar...

Agradecer,
Permite entender,
A imperfeição do saber humano.
Convence sentir,
A dificuldade do fazer sozinho.
Garante acreditar,
Na importância do agir compartilhado.
Credencia confiar,
Na eficácia da produção socializada.

Agradecer,
Eleva a alma
Aprimora a humildade
Engrandece o espírito
Atesta necessidades humanas
Exercita a calma
Aquece amizades
Exatamente, pela simples virtude de saber RECONHECER.
Agradecer!

Agradecer,
Por quase nada,
Uma atenção, uma amizade.
Por algo que parece insignificante,
Uma carona, algo emprestado, ou mesmo dado.
Por ser gentil,
Um mero gesto, uma cortesia, uma palavra.
Por grande coisa,
Um favor, conforme o caso...

O que mais apraz? Dar ou agradecer?
O prazer de dar (sem alegar), é igualmente,
Tão, ou mais gratificante
Que a alegria de receber.
Simbiose da vida: dar e aceitar,
TROCAR, simplesmente.
Reciprocidade, gerando felicidade,
Tendo maior significado, quando acompanhada
Pela virtude de ser grato.
AGRADECER.
Mais sobre Conceição Maciel no site: