sábado, 1 de maio de 2010

Ceicinha Câmara, poeta potiguar radicada em Vila do Bispo-Portugal.


Maria Conceição Câmara da Silva, mais conhecida carinhosamente por: Ceicinha Câmara, atualmente radicada em Vila do Bispo, Região Algarve, sul de Portugal, onde está totalmente integrada, apesar de ser um lugar pequeno, mas acolheu-a muito bem. Nasceu na Maternidade Januário Cicco em Natal-RN, no dia 08 de Maio de 1973, mas foi em Ceará-Mirim-RN, cidade onde cresceu, pois seus pais: Raimundo Rocha da Silva e Marli Câmara da Silva, criaram todos os seus filhos nesta cidade, considerada dos "Verdes Canaviais".
Participou do 1º Concurso de Poesia Adele de Oliveira, na categoria 2º Grau, realizado na Biblioteca Dr. Pacheco Dantas, durante as festividades de aniversário de Ceará-mirim, no ano de 1993 e obteve o 1º lugar, com a poesia: "O Palhaço", dedicada ao amigo Roberto Paiva, que nas horas vagas vestia-se de palhaço para animar festas infantis e havia falecido nesta época.
POESIA :


"O Palhaço"


Relembro a minha infância
A minha tão curta mocidade
Cheia de felicidade e tristeza
Carregada de muita saudade e beleza.
Vida que rasgou minha fantasia
De maneira grotesca, abençoada...
Fazendo pilhérias e momices
Como uma espécie de títere manejado.
Vida conselheira...
Vida companheira...
Vida que me fez nascer...
Vida que me fez morrer


A partir desta primeira poesia, nunca mais parou! Pretende editar seu primeiro livro logo que for possível.
Fez cursos pelo SENAC como: - Técnicas Básicas de Garçom; - Inglês e Espanhol Básico; - Atendimento para o Turismo; entre outros e devido a isto, voou mais alto, ou melhor, saiu em busca dos seus sonhos e viajou rumo ao país Lusitano, para pôr em prática o que aprendeu na teoria e está trabalhando como garçonete num restaurante em Vila do Bispo, conquistando os turistas com sua simplicidade e simpatia.
Cursou o primário na Escola Estadual Barão de Ceará-Mirim, o ginásio no Colégio de Santa Águeda de Ceará-Mirim, começou a estudar o primeiro científico no Colégio Hipócrates de Natal e os dois anos conclui na Escola Estadual Interventor Ubaldo Bezerra de Melo em Ceará-Mirim.
Faz parte do projeto "Difusão da Literatura Feminina Potiguar", onde divulga em seu blog: Notícias da Lusofonia
http://nlusofonia.blogspot.com .
Recentemente, a convite da poetisa Flauzineide Moura, passou a integrar a SPVA-RN (Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do Rio Grande do Norte).
Em Portugal, estará participando da "8ª Coletânea de Poesia Popular do Concelho de Vila do Bispo", que será lançada em Junho de 2010.
Considera-se uma autodidata da vida!
E finalizo está matéria,
com a pequena poesia que fiz
para Flauzineide, justamente para iniciarmos
a nossa conversa por telefone.


Espero não ter acordado
Está amiga difusora
Deste lido projeto literário
Ao qual és mentora.
E eu do além mar
Com alegria no coração
Estou ajudando a divulgar
Ete movimento de difusão.


Ceicinha Câmara (*)
Postado por Ceicinha Câmara às
5/01/2010


Ceicinha Câmara
Vilabispenha, algarvia, portuguesa, ceará-mirinense, norte-riograndense, e acima de tudo BRASILEIRA, com muito orgulho! SOBRE MIM...

Nasci em Natal, mas desde pequena vivi em Ceará-Mirim, terra dos verdes canaviais, pois meus pais são de lá. Atualmente, escolhi Vila do Bispo-Portugal para ser a minha nova morada e cá estou já a quase 8 anos. Gosto de criar poesias e este desejo nasceu a partir do momento em que participei do concurso de poesias "Adele de Oliveira", na Biblioteca Pública de Ceará-Mirim. De lá para cá, venho expondo meus pensamentos e sentimentos através desta arte de escrever. Recentemente recebi o convite da poetisa Flauzineide Moura para associar-me à Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do Rio Grande do Norte (SPVA-RN), Brasil. Convite ao qual aceitei-o com muito carinho.
Visite:

3 comentários:

Ceicinha Câmara disse...

Te direi sempre: OBRIGADA!

Ceicinha Câmara

Giovanna disse...

Adorei a homenagem feita à minha tia "Marilú".Apesar de não ter ido por estar em Angicos, minha família foi(mãe,pai e irmã), e me sinto muito feliz de saber que minha tia ainda é lembrada e reconhecida por seu trabalho, mesmo não estando mais entre nós.Obrigada pela homenagem prestada.

Valdecy Alves disse...

Amigos poetas blogueiros, parabéns por utilizarem a internet como forma de dividir com o mundo o seu pensar, o seu compreender, desempenhando a missão do poeta que é se afirmar como ser humano, sobretudo perante si mesmo, captar os arquétipos coletivos de sua época e princípios universais, permitindo após compreender-se ou não compreender-se, que pela sua obra os da sua época tenham referência alternativa para fazer a leitura do mundo e as gerações posteriores entenderem a própria história da humanidade. Tudo temperado pelo sonho, pela sensibilidade e pela utopia. PASSOU A ÉPOCA DE ESCREVERMOS E GUARDAR NA GAVETA NOSSAS CRIAÇÕES DEPOIS DOS MAIS PRÓXIMOS FINGIREM TER LIDO PARA NOS AGRADAR. Através do meu blog quero aprensentar-lhes a video-poesia, que usa várias linguagens de uma só feita, a serviço do texto. Se gostar divulgue e compartilhe com os seus contatos. Acessar em:

www.valdecyalves.blogspot.com