quarta-feira, 17 de março de 2010

As mulheres, as poesias e as flores, essências para o mundo...


Admiro as flores silvestres...
Fátima Carvalho

Admiro as flores silvestres
Flores silvestres
Em cores, perfumes e formas
Tão lindas e frágeis
Na beira das estradas
E nos pés das calçadas
Insistem em nos mostrar
A beleza que Deus lhes dar
Mas dificilmente as percebemos
E elas em sua simplicidade
Sorriem diariamente pra gente
E enfeitam nosso viver
Nossas paisagens
Nossos caminhos...
Sem nada nos exigirem
E nós, considerados “seres superiores”
As pisamos!As destruímos!
E nem se quer notamos
Que essas florzinhas
Encantam e alimentam
Borboletas, formigas, abelhas, besouros
E muitas outras espécies
Que se alegram com sua existência
Flores silvestres...
em cores e formas
Sempre me falam na linguagem
De um supremo Deus
Criador...

Carvalho/11.08.09

Um comentário:

Flor de bugari disse...

Olá,amiga! Adoro ver meu sentir poético, colorir este seu maravilhoso espaço... Lugar, onde meus singelos textos, encontram abrigo e liberdade pra pousarem...Lindo projeto!

Fatima Carvalho/Flor de bugari