quinta-feira, 25 de março de 2010

Presença do Luar na vida de Flauzineide.



Presença do Luar
Flauzineide

Lua que brilha em minha vida
Em ti espelho-me
Para alumiar meu ser.
Resplandecente,
Quietinha,
Indefesa

Em teu lugar.
E eu longe,
Bem longe
A contemplar
Tua beleza,
A natureza,
O teu ser;
Ser linda
Ser vida de minha vida,
Alvorecer.

Um comentário:

Flor de bugari disse...

Muito belo! Eu também,adoro a lua!E pra mim, ela será uma eterna musa,do meu sentir mais que sentido... Um abraço poético!